O filme ‘El Verano Que Vivimos’, protagonizado por Blanca Suárez, estreou no dia 04/12 nos cinemas da Espanha. Não há previsão de que a obra venha para o Brasil!



E as divulgações de ‘El Verano Que Vivimos’, novo filme de Blanca Suárez, não param! Hoje (03), a atriz compareceu à photocall em Madrid, na Espanha, ao lado dos demais atores que compõem o elenco. Veja as fotos clicando nas miniaturas abaixo:

 DECEMBER 03 – “EL VERANO QUE VIVIMOS” MADRID PHOTOCALL



O agravamento da pandemia do Covid-19 fez com que a estreia do filme ‘O verão em que vivemos’, marcada para esta sexta-feira, tenha sido adiada. As intenções do produtor e do distribuidor, Warner e Filmax respectivamente, eram que o filme, que tem inúmeras cenas rodadas em Jerez e na Galiza, fosse lançado esta sexta-feira, embora este extremo tenha finalmente sido posto de parte. No momento, a nova data de lançamento está marcada para o dia 4 de dezembro, também sexta-feira, embora tudo indique que, dependendo do impacto que o agravamento da pandemia tiver nos showrooms do país, essa data poderá até ser adiada.

Recorde-se que a intenção dos produtores e expositores era que a obra dirigida por Carlos Sedes pudesse ser vista em 400 salas espalhadas por todo o território nacional.

Fontes da Yelmo Cines consultadas por este meio confirmaram que “finalmente foi adiado para o início de dezembro. É uma estreia nacional e, portanto, as circunstâncias em que nos encontramos não são propriamente as mais propícias”. A este respeito, as fontes mencionadas assinalam que “a Catalunha, por exemplo, está totalmente encerrada e as Astúrias estão prestes a fazê-lo citando apenas dois casos”.

De Yelmo, eles apontam que “este é um filme no qual a Warner tem esperanças de que funcionará muito bem“. Obviamente, o produtor não quer que a pandemia arruíne o que é claramente uma estreia de sucesso. “A exibição de‘ O verão que vivemos ’em Jerez’ recebeu críticas muito boas das pessoas que vieram vê-lo”, disseram fontes.

Fonte: Diario de Jerez

Tradução & Adaptação: Equipe BSBR



O trailer do novo filme de Blanca Suárez foi liberado no último dia 20!

Obituários misteriosos chegam às mãos de um jovem jornalista. Sempre sem assinatura. Sempre dedicado a uma certa Lucía. Nelas, é adivinhada uma história de amor, amizade e traição que aconteceu nas vinhas de Jerez durante o verão de 1958. Um amor imortal cujos protagonistas, apesar de quarenta anos terem se passado, não querem esquecer. Há momentos que duram uma vida.

Blanca Suárez, Javier Rey e Pablo Molinero são Lucía, Gonzalo e Hernán, os três cantos do triângulo amoroso de ‘El verano que vivimos’, um filme dirigido por Carlos Sedes (‘O clube dos incompreendidos’) e que será lançado em breve graças a Warner Bros. Imagens Espanha. Narrado em duas etapas e com as vinícolas e vinhedos de Jerez de la Frontera da década de 1950 como cenário principal, o filme completa seu elenco com María Pedraza, Carlos Cuevas, Guiomar Puerta, Moreno Borja, Adelfa Calvo, Manuel Morón e Joaquín Núñez.

Filmado em locais naturais entre a Andaluzia e a Galiza por oito semanas, ‘The Summer We Live’, que apresentou algumas imagens na última edição do Festival de San Sebastian, está programado para estrear neste outono, sem data confirmada, para esperar para ver como o setor cultural evolui com a crise causada pelo coronavírus.

Assista ao trailer:

 



Durante o San Sebastian Festival, novas informações sobre El verano que vivimos – novo filme de Blanca Suárez que estreará em 2020 – foram divulgadas. Confira:

A história do filme se passa em dois períodos: o presente e o verão de 1958. Nos dias de hoje, Isabel é uma jornalista que trabalha na secção de obituário de um jornal. Através deles (jornais, muito provavelmente), uma história de amor é contada. Quando Isabel começa a investigar, seus inquéritos vão levá-la de volta a uma época na Andaluzia, quando Hernán (Molinero) confia a seu amigo Gonzalo (Rey) com algo quase impossível: construir uma vinícola em seis meses. Uma vez lá, Gonzalo vai conhecer uma mulher que vai virar sua vida de cabeça para baixo: Lucía (Suárez), noiva de Hernán.

As filmagens de “El Verano que Vivimos” tomaram lugar principalmente em Jerez, mas também em Galiza e em Valência. Sedes reconhece que muita coisa está envolvida nesse filme e por isso quis contar com uma equipe de pessoas que já conhecia. Desta forma, é a terceira vez que Javier Rey trabalha com o diretor (Carlos Sedes), depois de Velvet e Fariña. É o segundo projeto com Blanca, depois de Las Chicas del Cable. Mas para formar o trio principal, Sedes também contou com Molinero, uma nova adição à lista de artistas com quem já colaborou.

Lucía, a personagem de Blanca, é, segundo a própria atriz, “uma apaixonada e comprometida com seu trabalho” que não se importa de arregaçar as mangas para trabalhar no vinhedo de seu noivo, o personagem de Molinero, que o ator define como “empreendedor”. Mas o encontro do protagonista com Gonzalo “sopra todos os esquemas”, acrescenta o intérprete. Durante a apresentação, Molinero destacou “o sentimento de união” da equipe de filmagem, algo que os serviu “muito para a filmagem” do filme.

Sedes, depois de mostrar algumas imagens do filme, concluiu que, para contar esta “história de amor e amizade” e “sensibilidade masculina”, quis “criar uma Andaluzia muito amável”, tal como acredita que era na altura, com as primeiras famílias que se mudaram para lá para se dedicarem às vinhas.

Fonte: Sensacine

Tradução & Adaptação: Equipe Blanca Suárez Brasil