A Netflix aproveitou o início das filmagens de ‘Jaguar’, a nova série de plataformas espanholas com Blanca Suárez caçando nazistas, para lançar as primeiras imagens, confirmando de passagem o resto dos protagonistas.

Elenco e mais detalhes da série:

Junto com Blanca Suárez, que interpreta Isabel Garrido na série, vemos Iván Marcos (‘Fariña’) como Lucena, Francesc Garrido (‘Smoking Room’) como Marsé, Adrián Lastra (‘Primos’) como Sordo e Óscar Casas (‘Instinto’) como Castro.

Idealizado por Ramón Campos e Gema R. Neira, ‘Jaguar’ nos levará de volta aos anos 60 com a Espanha convertida em refúgio para uma multidão de nazistas após a Segunda Guerra Mundial. Aí seguiremos a história de Isabel Garrido, uma jovem que conseguiu sobreviver à sua passagem por Mauthausen e que procura o homem mais perigoso da Europa. O que ela não sabia é ​​que há mais pessoas tentando fazer justiça, a quem ela decide se juntar.

Descrito por Campos como “o meu projeto mais pessoal dos últimos anos”, ‘Jaguar’ é postulado como uma das mais poderosas estreias espanholas da Netflix para 2021, embora no momento sua data exata de entrada no catálogo da empresa seja desconhecida.

Fonte: Espinof

Tradução & Adaptação: Equipe BSBR



As telefonistas desligam a central. Após quatro anos e cinco temporadas, a série da Bambú Producciones, criada por Ramón Campos e Teresa Fernández-Valdés, termina em 3 de julho, data de lançamento de seus últimos capítulos. Esta semana, na revista HOLA!, Blanca Suárez, Ana Fernández e Nadia de Santiago estrelam um relatório excepcional no qual eles se reúnem para conversar sobre o final desta série que foi marcante na Espanha, sendo a primeira produção espanhola da Netflix.

As atrizes do momento chegam ao fim de sua história quando começaram: unidas. “Somos muito diferentes em personalidade, caráter… mas nesta série houve algo mágico que nos conectou e cenas maravilhosas surgiram”, revela Ana Fernández, que afirma estar empolgada no final da série. “É claro que choramos no último dia de filmagens! Estamos juntas há quatro anos e muita coisa aconteceu conosco em nível pessoal. Elas são as melhores colegas que já tive”, confessa Nadia de Santiago, que está aguardando novos projetos.

Um fim forte

“Há muito tempo, quando nos perguntaram como gostaríamos que a série terminasse, todos concordamos com a mesma coisa… não sei se isso satisfará a todos, mas é certamente um final forte”, acrescenta Blanca Suárez, que está encantada com seu novo projeto: nova série para Netflix, Jaguar, que foi adiada pela pandemia.



A segunda parte da drama espanhol As Telefonistas, chega ao streaming da Netflix no próximo mês, e visando isso, hoje foi divulgado o trailer final deste drama regado a muito romance, dor, tragédia e perseverança, em que  as mulheres são protagonistas insignes e lutam a todo custo contra os males que ultrapassam suas vidas.

Neste trailer Lidia (Blanca Suárez), Marga (Nadia de Santiago), Carlota (Ana Fernández) e Óscar (Ana Polvorosa) irão bater de frente contra o que mais o assolam, e por um fim a toda traição, flagelo e as dores que as atormentaram ao longa desta trama, mostrando as verdadeiras facetas daqueles que só estavam presentes para humilhar e confrontá-las, com seus ódios oblíquos, em uma guerra que chegou ao fim e cada uma delas com sua história marcada e por batalhas significativas na vida de cada uma dessas mulheres.

Assista:

Estreia na Netflix em 3 de julho!



Coincidindo com o Dia dos Namorados, a Netflix estreou a primeira parte da 5ª temporada de Las Chicas del Cable. Cinco capítulos ambientados na guerra civil espanhola que tiveram um resultado que deixou os espectadores no limite e querendo mais – mais capítulos e mais respostas.

Bem, os fãs de Lidia, Carlota, Oscar e Marga, as telefonistas da Netflix, encontrarão a solução na segunda parte da quinta parcela que finalmente tem data de lançamento: julho. Esse será o momento em que os espectadores descobrirão o destino da personagem interpretado por Blanca Suárez enquanto ela luta contra os fantasmas do passado na prisão.

View this post on Instagram

Nuestro destino será no olvidarlas.

A post shared by Las chicas del cable (@chicasdelcable) on

 

Acompanhem nosso site e nossas redes sociais para maiores informações.



Novas fotos de Blanca Suárez filmando Las Chicas del Cable foram divulgadas! Nas imagens, a atriz aparece ao lado de Yon GonzálezAna Polvorosa em gravação externa da série, no dia 12 de dezembro de 2019. Confira:

 



No último dia 14, a primeira parte da quinta e última temporada de Las Chicas del Cable foi disponibilizada na Netflix. A Parte 1 conta com 5 episódios e retrata o retorno de Lidia (Blanca Suárez) à Espanha, voltando a se unir com as antigas amigas telefonistas diante do cenário da Guerra Civil espanhola, para reencontrar Sofia (Denisse Peña), filha de Ángeles (Maggie Civantos) que se alistou mesmo tendo uma doença grave no coração. Assista já na Netflix!

As gravações da Temporada final: Parte 2 já foram encerradas, mas não há previsão para sua chegada ao catálogo da plataforma de streaming. Alguns sites dizem que é possível que ela seja liberada ainda em 2020!



Falta pouco pra última e quinta temporada de Las Chicas del Cable, e ela chega dividida em duas partes. A primeira, em fevereiro.

Após o final da quarta temporada, a primeira série espanhola da Netflix chega com uma glorificação, no auge desta ficção. A data, 14 de fevereiro. A série, um exemplo de empoderamento feminino antes do seu tempo, segue as aventuras destas mulheres que têm de lidar com um mundo ainda dominado por eles.

‘Las Chicas del Cable’ nos conquistou por causa de sua estética e seu compromisso. Também seduziram a diretora editorial das revistas do Grupo Zeta, Charo Izquierdo, como reconheceu na mesa redonda que tinha Blanca Súarez (como Lidia Aguilar), Ana Fernández (como Carlota Rodriguez de Senillosa) e Nadia de Santiago (como Marga Súarez) e a criadora da série, Teresa Fernández-Valdés como participantes.

Ela admite ter ficado acordada muitas noites vendo mais um episódio: “Não sou a única fascinada, é uma série que pode ser assistida por várias gerações, eu a vejo com minha filha Camila, de 23 anos”, explica Charo, que também reconhece o mérito da ficção em termos de cenário, figurinos e todo o tema relacionado ao empoderamento das mulheres: “Melhoramos, mas não temos todo o terreno ganho. As mulheres têm um papel de liderança, a amizade triunfa, é uma história de grande afeto”.

A plataforma decidiu dividi-la em duas partes de cinco episódios cada uma, após o final dos episódios há um ataque cardíaco. A ficção procura terminar as suas tramas da forma mais emocional possível, avançando nesse caminho de igualdade e liberdade pelo qual as protagonistas lutaram desde o primeiro episódio.

“Há ação, muitas pessoas morrem, é uma época ousada, ambiciosa e maior. As meninas estão mais confiantes, não há dúvida do espaço que ocupam, são mulheres inteligentes, que tomam decisões estratégicas, toda a temporada é muito poderosa”, explica Teresa.

“Há um antes e um depois, uma mudança de ritmo quando se trata de lidar com as questões. Esta série feminina não vira as costas aos homens – o elenco masculino também é muito poderoso – eles têm sido muito generosos em compartilhar e ir até o fim. Esta série da época tem se ligado ao público mais jovem, as meninas encontraram mais do que amor, fortes laços de amizade”, diz ela.

A série permanece no currículo de todos eles, que não podem falar com mais carinho: “Foram quatro anos de aprendizagem, foi a primeira vez que trabalhei com a Netflix, houve muitas perguntas no ar, era um palco convulsivo, acabamos com orgulho e emoção, trabalhamos duro”, explicou Blanca Suárez.

“Nos acabamos de chorar na última cena”, admite Ana Fernández. “Partilhamos, lutamos, fizemos as pazes e construímos uma amizade que perdurou no tempo. É uma série complicada devido aos locais onde temos de gravar, com um ritmo rápido e exigente, e temos misturado talento com pressa”.

Nadia de Santiago está muito orgulhosa: “Aprendi muito sobre a importância das mulheres na história, com cinco mulheres diferentes, mas elas se complementam umas às outras. Eu não estava consciente da grande mudança, agora estou mais consciente do feminismo e do caminho que nos resta.”

“Eles não perderam a ligação com seus personagens, foram os primeiros que nas reuniões da equipe pediram que, se continuassem com a série, novos desafios seriam incorporados, a relação tem sido muito estreita. A colaboração não poderia ter sido mais estreita entre ambas as partes”, explica a produtora Teresa.

“No final, você conhece muito bem o seu personagem e eles, Netflix e Bambu, têm estado abertos a todas as propostas que sugerimos, você cresce das mãos do seu personagem”, reconhece Nadia.



Depois de ‘Lo que Escondían Sus Ojos’ e ‘Las Chicas del Cable’, Blanca Suárez vai estrelar em outra série de época: Jaguar. Situada na Espanha dos anos 60, contará a história de Isabel Garrido, uma jovem espanhola que conseguiu sobreviver ao campo de morte de Mauthausen e está no rasto de Skorzeny, conhecido como o homem mais perigoso da Europa. Logo descobrirá que não está sozinha na sua missão e se juntará a um grupo de agentes em busca de justiça. O seu nome de código: Jaguar.

Produzida pela Bambú Producciones, a ficção está programada para estrear na plataforma em 2021 e se junta a outros projetos que a atriz já fez com o produtor e o gigante do streaming. O último foi o filme ‘El Verano que Vivimos’, que estrelou ao lado de Javier Rey sob as ordens de Carlos Sedes, diretor de grande parte dos projetos de Bambú como ‘Alta Mar’, ‘Fariña’, ‘Instinto’.

Esta série junta-se a outro dos projetos televisivos mais poderosos de todo o país e que a plataforma anunciou esta manhã. Mesmo sem título, sabe-se apenas que será a primeira série criada por Daniel Sánchez Arévalo, que será produzida pela Atypical Films e será “uma emocionante história de amizade na superação” que, atualmente, está em fase de desenvolvimento.



Las Chicas Del Cable chega ao seu fim. Se você tem sido amante dos traços das telefonistas mais famosas da ficção espanhola, você terá a chance de ver como terminarão suas histórias. A Netflix apresentou nesta quinta-feira o trailer da primeira parte da temporada final da série que foi a primeira produção espanhola e que terá sua estreia no próximo 14 de fevereiro. A série será finalizada com uma quinta temporada que a plataforma decidiu dividir em duas partes. (Cuidado spoiler) A história de Ángeles (personagem interpretada por Maggie Civantos) no último capítulo da quarta temporada marcou o destino dos protagonistas, e a chegada à Espanha da sua Sofia (Denisse Peña) para lutar na Guerra Civil espanhola é o acontecimento que marca um novo encontro entre Lídia (Blanca Suárez), Carlota (Ana Fernández), Marga (Nadia de Santiago) e Óscar (Ana Polvorosa).

O que acontecerá com elas? Terminarão unidas ou terão um destino final com uma conexão diferente? Por agora, não se sabe de nada.